Como organizar gavetas?

“O corpo humano neoplatônico, puro na época dos gregos, está hoje repleto de gavetas secretas que somente a psicanálise pode abrir”.       

Salvador Dalí

dali3Paraíso

Atendendo ao pedido de uma leitora, escrevo este post para falar sobre organização de gavetas. Para começar, é preciso dizer que amo gavetas! Elas têm o poder de deixar os móveis com aparência de mais arrumados (mesmo quando estão bagunçados, pois “jogamos” tudo dentro delas, e, desde que não as abramos, parece que o armário está super arrumado). Além de ajudar nesse truque, são “caixas organizadoras” por essência.

Outra vantagem delas é que são encontradas em quase todos os tipos de armários, de cozinha, do banheiro, de roupas, existindo até mesmo um móvel que as coloca em evidência: a cômoda. Podem ter diversos tamanhos e profundidades o que torna possível adequá-las aos diferentes itens que desejamos guardar.

Ah, e um dos meus motivos preferidos para apreciá-las: são perfeitas para metáforas, sendo muito utilizadas na literatura e na pintura, especialmente na do meu pintor Surrealista predileto Salvador Dalí, autor da epígrafe deste post e da imagem subsequente à mesma.

De uma forma geral, para arrumar gavetas, é preciso:

  1. Esvaziar e Descartar. Toda arrumação começa com a observação do que temos em um determinado ambiente, bem como do espaço que temos, limpeza do local (pano úmido e pano seco, deixando ventilar um pouco antes de recolocar os objetos), e com o descarte de objetos que estavam guardados e não precisamos ou queremos mais.
  2. Perceber como está o mecanismo de abrir e fechar. Gaveta não é máquina, contudo possui um mecanismo que nos permite abrir e fechar as mesmas. É importante verificar se os trilhos que a sustentam estão em bom estado (consertá-los se não estiverem), ou se precisam de uma manutenção com óleo para lubrificar (o qual variará conforme o material de sua gaveta e dos trilhos de deslizamento).
  3. Definir o que será guardado em cada uma delas. Essa é a primeira dica para organização. O ideal é que cada gaveta sirva para guardar um tipo de coisa. Por exemplo: gaveta só de calcinhas, de roupas de vestir em casa, de roupas de dormir, de itens de maquiagem, de talheres, de jogos de banho, de papéis para impressão etc. Outra coisa importante: colocar nas gavetas mais na altura da mão o que se usa com mais frequência, e nas últimas gavetas (que exigem que nos abaixemos) aquilo que se usa menos.
  4. Utilizar todo o espaço da gaveta. Gaveta precisa ser bem aproveitada, então, vamos fazer um bom uso da altura e profundidade da mesma. Utilizar todos os espaços possíveis que ela tem.
  5. Usar divisórias. Mesmo que a gaveta esteja guardando itens afins, o ideal é que haja nichos, caixas ou colmeias para manter os objetos “estáticos” e agrupados dentro das gavetas. Nada mais irritante e desorganizado do que itens rolando e fazendo um imenso barulho quando abrimos e fechamos as gavetas. No caso de gavetas muito espaçosas, uma boa sugestão para “colar” as caixas dentro da gaveta e evitar que fiquem dançando para um lado e para o outro é usar velcro adesivo.
  6. Dobrar bem os tecidos. Se sua gaveta for de vestimenta, ou roupa de cama, mesa, banho, é importante dobrar bem as peças, de modo que respeitem a altura e largura da gaveta. Roupas que “sobram” para fora da gaveta dificultam (e às vezes até impedem) a abertura e o fechamento da mesma. Qual a dobra ideal? Aquela que cabe dentro da gaveta, que faz menos volume e que não se desfaz com o movimento de tirar e colocar este ou outros itens na gaveta. Tem que testar até ver a dobra que melhor se adéqua ao espaço que tem e ao tecido da roupa que você vai guardar.
  7. Visualizar tudo o que tem. Uma gaveta não deve estar apenas bonita e arrumada. É preciso que a forma como você dispõe os objetos permita a visualização de tudo o que tem dentro da gaveta e o fácil acesso ao seu conteúdo. Uma ótima sugestão da guru nipônica da organização Marie Kondo é guardar os itens na vertical e não na horizontal como costumamos fazer (gera melhor aproveitamento de espaço e melhor visualização).
  8. Distribuir de forma equilibrada o peso. Gavetas cabem muitas coisas, mas não cabem tudo! Tenha atenção para não colocar peso demais nelas. Se ao terminar de arrumar a gaveta perceber que tem dificuldade ou precisa fazer muita força para abrir e fechar a mesma, é sinal de que ela está muito cheia e mais pesada do que deveria.

gavetas

Imagens: Pinterest

2 comentários sobre “Como organizar gavetas?

  1. Ana Maria da Costa Ribeiro Lins

    Adorei este post. Muito bem escrito e um delicioso aprendizado, desde as metáforas de Salvador Dali até as ótimas dicas sobre arrumação das gavetas.

    Curtido por 1 pessoa

Comentários...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s