Relações entre a Casa e a Alma

“A casa é a morada do corpo, e o corpo, é a morada da alma; assim, a casa é a morada da alma.” *

Fonte: acasaeaalma

Achei essa frase perfeita para transmitir a minha compreensão do que é a casa na vida de uma pessoa: reflexo da personalidade – sim -, mas, principalmente, da alma. E qual é a diferença? No meu ponto de vista, personalidade é o que você é, o que te caracteriza, conjunto de qualidades que te identificam (que até se “modificam”, mas com muito esforço!). Alma é estado de espírito, variável de acordo com as circunstâncias da nossa vida (deixando claro que essa minha concepção de alma está para além de conceitos religiosos ou filosóficos, meus e de qualquer outra teoria, ok?).

A casa de uma pessoa sempre me pareceu muito mais um reflexo de como a pessoa está do que de quem ela é. É muito comum você ver casas muito bagunçadas quando a pessoa (ou um de seus moradores) está passando por problemas de saúde física e/ou mental, ou alguma outra situação com a qual não se está sabendo lidar. Assim como o excesso de organização e limpeza, também refletem uma patologia de algum morador daquela residência ou uma incapacidade de conviver com a realidade e seus problemas.

É claro que um pouco de desordem é comum e saudável, visto que a casa, antes de tudo, é um lugar para convivência e uso. Tanto quanto apreciar as coisas limpas e perfumadas nos seus devidos lugares também é bem comum e bacana. Entretanto, permitir que uma das duas situações seja uma escravidão ou a única forma de se viver é sinal de que algo não vai bem. Se uma delas começa a atrapalhar a sua vida e a vida daquelas pessoas que se relacionam com você, é preciso ficar atento e procurar ajuda de amigos, familiares e, em alguns casos, inclusive ajuda profissional e psicológica. Ou oferecer ajuda, no caso de não ser você o desordeiro, nem o neurótico da faxina e da arrumação.

Quem não está bem consigo mesmo, costuma não estar bem com os cuidados com sua casa, seja pela overdose ou pela abstinência. Portanto, bagunça/sujeira ou organização/limpeza extremadas podem ser um sinal de que as coisas não vão bem. E que essa pessoa completamente relaxada ou obsessivamente caprichosa está fazendo de sua morada uma extensão de sua alma bastante perturbada.

hand-427518_640

*Observação: A frase da epígrafe é da dona do blog, Ana Bailune. Inclusive, achei o Blog bem interessante, pois fala sobre casas de uma forma muito poética.

4 comentários sobre “Relações entre a Casa e a Alma

Comentários...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s